Soft Skills: o poder das habilidades que te ensinam a lidar com a vida
Avalie este artigo
13 de junho de 2019 | 9 min de leitura
Produtividade

Soft Skills: o poder das habilidades que te ensinam a lidar com a vida

Soft skills são uma combinação de habilidades interpessoais, habilidades sociais, habilidades de comunicação, traços de caráter, atitudes, atributos de carreira e inteligência emocional.

O inglês define “soft skills” como as “boas habilidades” que independem de sua escolha profissional. A capacidade de se comunicar com as pessoas e desenvolver uma atitude positiva, por exemplo.

É comum pensarmos que uma atitude dura e intransigente, que faz acontecer, é sempre a melhor possível. Entretanto, isso não é verdade. Quando se trata de empresas que procuram melhores talentos em um mercado de trabalho competitivo, as soft skills estão em alta demanda, mas baixa oferta.

O que são soft skills?

Habilidades de pessoas. Habilidades sociais. Habilidades de comunicação. Traços de caráter. Senso comum. A capacidade de lidar com as pessoas. Uma atitude positiva e flexível. Não existe nenhum sistema escolar que se concentre em ajudar as pessoas a desenvolver essas habilidades. Juntamente com leitura, escrita e aritmética, deveríamos aprender a lidar com a vida.

Ao contrário das habilidades duras, que podem ser provadas e medidas, as habilidades leves são intangíveis e difíceis de quantificar. Alguns exemplos de soft skills incluem pensamento analítico, comunicação verbal, escrita e liderança.

Por que as soft skills são importantes?

Uma das razões pelas quais as soft skills são tão reverenciadas é que elas ajudam a facilitar as conexões humanas. As habilidades sutis são fundamentais para construir relacionamentos, ganhar visibilidade e criar mais oportunidades de progresso.

Basicamente, você pode ser o melhor naquilo que faz, mas se suas habilidades interpessoais não caminharem junto, você estará limitando suas chances de sucesso profissional.

soft skills

Claro que toda carreira exige uma profundidade de conhecimento técnico e educação. Você não iria querer um cirurgião cerebral operando em você só porque ele ou ela se comunica bem. As habilidades técnicas são fortes. Mesmo assim, no mundo dos negócios de hoje, não importa a indústria ou o tipo de trabalho em que você esteja, está constantemente mudando. Isso significa que os funcionários precisam se adaptar, trabalhar bem com os outros, mostrar alta capacidade de lidar com a superação de desafios e navegar entre chefes difíceis, colegas diferentes e adversidades externas.

Características fundamentais das soft skills

Para uma habilidade ser considerada uma habilidade leve, ela precisa ter três características:

As regras para dominar esta habilidade não são preto no branco

Ao contrário de habilidades duras, como matemática, onde as regras são sempre as mesmas, o quão efetivo você é em uma soft skill depende do seu estado emocional, circunstância externa e tipos de pessoas com quem você interage.

Esta habilidade é portátil e valiosa para qualquer trabalho

Como as soft skills dizem respeito à sua força interior e eficácia interpessoal, essas habilidades são valiosas para qualquer carreira ou trabalho, sem exceção.

Dominar essa habilidade é uma jornada contínua

Você pode alcançar um nível de competência, mas sempre irá encontrar novas situações ou pessoas que testarão suas habilidades sociais e o estimularão a aprender mais.

Você nunca aprendeu a defender os socos da vida, superar a adversidade e se dar bem com alguém de quem não gosta realmente? Nunca é tarde demais para aprender novos truques. Veja cinco passos iniciais que você pode dar para trabalhar suas soft skills:

Pratique a polidez

Diga “por favor” e “obrigado” com frequência. Antes de ir para uma entrevista, envie uma nota de agradecimento à pessoa que reservou um tempo para conversar com você. Quando um colega te ajuda, reconheça isso. Trate a pessoa que atende o telefone no seu escritório com o mesmo respeito que o chefe ao qual você se reporta.

Conheça a si mesmo

soft skills

Cada pessoa tem um comportamento que impulsiona seu estilo de comunicação. Tem momentos em que isso funciona muito bem para cada um e momentos em que o tiro sai pela culatra. Se você é uma pessoa dócil, calma e serena, pode ser ótimo quando você tem um chefe que é parecido com você. Entretanto, se seu chefe tem um comportamento agressivo, ele pode achar que você está desinteressado demais. Não existe certo ou errado, mas é importante refletir sobre o assunto e ver onde você pode fazer modificações em como se comunica para se adequar melhor à cada ambiente.

Aprenda a categorizar os obstáculos

É fácil para a maioria das pessoas ficarem presas e sentirem-se frustradas quando uma mudança inesperada acontece. Problemas podem parecer intransponíveis. Da próxima vez que algo (ou muitas coisas) atrapalharem, considere reformulá-las como obstáculos ao seu sucesso. Liste o que está prendendo você. Aprenda a categorizar os obstáculos. O que você pode controlar, o que você pode influenciar e o que está fora de seu controle? Se você puder aprender a dedicar seu tempo e energia à criação de planos para as coisas que estão sob seu controle e colocar aqueles fora de seu controle para o lado, você se sentirá muito mais produtivo e criativo.

Seja bom em administrar o estresse

Preocupação, medo, ansiedade, estresse e outras emoções negativas roubam sua energia e seus recursos mentais. A vida é estressante. Você nunca estará em um lugar de descanso por muito tempo. A única constante na vida é a mudança. Em vez de tentar obter as circunstâncias externas para ser feliz, trabalhe em seu estado interno. Pratique respiração profunda, meditação, conversa interna positiva e exercícios incorporados. Descubra o que é melhor para você e se comprometa com isso. Quanto menos estressado você estiver, mais capaz será de lidar com o que vier em sua direção.

Sempre esteja aprendendo

Aproveite todas as oportunidades para melhorar suas habilidades sociais. Existem muitas ferramentas diferentes, aulas, terapia, grupos de discussão, exercícios e afins, onde você pode aprender novas ideias. Apenas pratique uma área até que ela se torne natural para você, depois passe para outra.

Alguns especialistas definem soft skills como aquelas habilidades que são “difíceis de medir” e outros definem soft skills como “habilidades que caracterizam relacionamentos com outras pessoas, ou que são sobre como você aborda a vida e o trabalho”. Há, no entanto, um conjunto comum de habilidades faltando na maioria das definições de soft skills.

A maioria das definições enfoca habilidades sociais, ou seja, como somos eficazes em trabalhar com os outros. Isso é absolutamente importante. No entanto, o que você também deve dominar para acelerar o sucesso são as habilidades de autogerenciamento. Estas são habilidades que ajudam você a gerenciar seu relacionamento consigo mesmo – seu diálogo interior. A seguir você vê uma lista de soft skills relacionadas à sua inteligência emocional consigo mesmo e com os outros para impulsionar melhores resultados profissionais.

Soft Skills – Habilidades de Autogerenciamento

As habilidades de autogerenciamento abordam como você percebe a si mesmo e aos outros, gerencia seus hábitos e emoções pessoais e reage a situações adversas. Somente quando você constrói a excelência interior, você pode ter uma forte base mental e emocional para ter sucesso em sua carreira.

Mentalidade de crescimento

Olhar para qualquer situação, especialmente situações difíceis, como uma oportunidade para você aprender, crescer e mudar para melhor. Concentrar sua atenção em melhorar a si mesmo em vez de mudar os outros ou culpar alguém.

Autoconsciência

Conhecer e entender o que impulsiona, irrita, motiva, embaraça, frustra e inspira você. Ser capaz de observar-se objetivamente em uma situação difícil e entender como suas percepções de si mesmo, dos outros e da situação estão impulsionando suas ações.

Regulação da emoção

Ser capaz de gerenciar suas emoções, especialmente as negativas, no trabalho (por exemplo, raiva, frustração, constrangimento) para que você possa pensar de forma clara e objetiva e agir de acordo.

Autoconfiança

soft skills

Acreditar em si mesmo e em sua capacidade de realizar qualquer coisa. Saber que tudo que você precisa está dentro de você agora.

Gerenciamento de estresse

Ser capaz de permanecer saudável, calmo e equilibrado em qualquer situação desafiadora. Saber como reduzir seu nível de estresse aumentará sua produtividade, preparará você para novos desafios e apoiará sua saúde física e emocional, tudo de que você precisa para uma carreira satisfatória e bem-sucedida.

Resiliência

Ser capaz de recuperar após uma decepção, grande ou pequena, e continuar a avançar.

Habilidades para perdoar e esquecer

Ser capaz de perdoar a si mesmo por cometer um erro, perdoar os outros que lhe ofenderam e seguir em frente sem bagagem mental ou emocional. Liberar sua mente do passado para que você possa concentrar 100% da sua energia mental nos seus objetivos de carreira de curto e longo prazo.

Persistência e perseverança

Ser capaz de manter a mesma energia e dedicação em seu esforço para aprender, fazer e alcançar em sua carreira, apesar das dificuldades, fracassos e oposições.

Paciência

Ser capaz de recuar em uma situação aparentemente apressada ou em crise, para que você possa pensar com clareza e tomar medidas que cumpram seus objetivos de longo prazo.

Percepção

Dar atenção aos sinais não ditos e desenvolver empatia cognitiva ou emocional da situação e perspectiva de outras pessoas.

Soft Skills – Habilidades Interpessoais

As habilidades interpessoais tratam da melhor forma de interagir e trabalhar com os outros, para que você possa construir relacionamentos de trabalho significativos, influenciar a percepção que os outros têm de você e do seu trabalho e motivar suas ações.

Habilidades de comunicação

Ser capaz de ouvir ativamente os outros e articular suas idéias por escrito e verbalmente a qualquer público, de uma maneira que você seja ouvido e você alcance os objetivos que você pretendia com essa comunicação.

Habilidades de trabalho em equipe

soft skills

Ser capaz de trabalhar efetivamente com qualquer pessoa com diferentes conjuntos de habilidades, personalidades, estilos de trabalho ou nível de motivação para alcançar um melhor resultado de equipe.

Habilidades de relacionamento interpessoal

Ser eficaz na construção de confiança, encontrando um terreno comum, tendo empatia emocional. Construir boas relações com as pessoas no trabalho e na sua rede.

Habilidades de gerenciamento de reuniões

Liderar uma reunião para alcançar de maneira eficiente e eficaz os resultados produtivos.

Facilitação de grupo

Ser capaz de coordenar e solicitar opiniões bem representadas e feedback de um grupo com diversas perspectivas para alcançar uma solução comum e melhor.

Habilidades de vendas

Construir o buy-in para uma ideia, uma decisão, uma ação, um produto ou um serviço. Isto não é bom apenas para pessoas em vendas.

Habilidades gerenciais

Criar e motivar uma equipe de alto desempenho com pessoas de habilidades, personalidades, motivações e estilos de trabalho variados.

Habilidades de liderança

Definição e comunicação de visão e ideias que inspiram os outros a seguir com empenho e dedicação.

Mentoring ou coaching skills

Fornecer sabedoria construtiva, orientação ou feedback que pode ajudar os outros a desenvolverem suas carreiras

Habilidades de autopromoção

Saber promover de forma proativa e sutil suas habilidades e resultados de trabalho para pessoas de poder ou influência em sua organização e rede.

Habilidades em lidar com personalidades difíceis

Ser capaz de alcançar o resultado de trabalho necessário enquanto trabalha com alguém que você acha difícil.

Habilidades de lidar com situações inesperadas

Ser capaz de manter a calma e ainda ser eficaz quando confrontado com uma situação inesperada ou difícil. Isso inclui ser capaz de pensar com seus pés no chão e articular pensamentos de uma maneira organizada, mesmo quando você não está preparado para a discussão ou situação em que está.

Habilidades de influência e persuasão

Ser capaz de influenciar as perspectivas ou a tomada de decisões, fazendo com que as pessoas que você influencia pensem que tomaram suas próprias decisões.

Habilidades de negociação

Ser capaz de entender as motivações do outro lado e alcançar uma solução ganha-ganha que você considera favorável, satisfaz os dois lados e mantém relacionamentos para futuras interações.

Habilidades de apresentação

soft skills

Apresentar efetivamente seus resultados de trabalho e ideias formalmente a um público. Cativar a atenção deles, engajar a opinião deles e motivá-los a agir de acordo com o resultado desejado.

Habilidades de rede

Ser capaz de ser interessante e se manter interessado em conversas de negócios que motiva as pessoas a quererem estar em sua rede. Quanto maior e mais forte a rede que você tem, mais facilmente você pode conseguir o que quer.

Apesar de ser uma lista longa e intimidadora, estamos em contato com nossas soft skills o tempo todo. Entretanto, é fundamental reconhecer a importância desses comportamentos. Só assim será possível trabalhá-los de forma consciente para crescer cada vez mais.

Embora você possa ter competência técnica naquilo que faz, ter as habilidades interpessoais, de comunicação e de gerenciamento pessoal, pode ser seu motivo de destaque onde quer que esteja.

Plataformas como a Vittude Corporate oferecem uma boa oportunidade para que sua empresa comece a investir em saúde mental e melhore o bem-estar do seu ambiente corporativo, além de ser uma ótima alternativa para o desenvolvimento profissional de seus colaboradores. O que acha? Dê uma olhada no nosso site e confira todas as possibilidades oferecidas!

Se você gostou desse artigo, aproveite para seguir a Vittude no Instagram e também assinar nossa newsletter!

Leia também:

Trabalho em equipe: duas mentes pensam melhor do que uma

Cultura de feedback: como ela pode contribuir para a saúde do seu time

Por Tatiana Pimenta

Este post ajudou você? Então, aproveite para seguir a Vittude no Instagram e assine nossa newsletter para receber, em sua caixa de emails, notificações de mais conteúdos bacanas e novidades!
Avalie Este artigo
bem-estar como contratar empregabilidade inteligência emocional inteligência emocional no trabalho retenção de talentos soft skill soft skills

Leia também

Receba novidades da Vittude